BLOGS DO PORTAL OESTE NEWS

quinta-feira, 25 de março de 2010

O ARTESANATO DE NATAL


Um dos melhores artesanatos produzidos no Nordeste é o do Rio Grande do Norte. E um reflexo da qualidade (e da própria quantidade) das peças confeccionadas por verdadeiros artistas manuais está em Natal, que já dispõe de seis grandes centros de venda de produtos artesanais.

O maior de todos é o Shopping do Artesanato Potiguar, no bairro de Ponta Negra. Inaugurado em janeiro de 2005, funciona no antigo hotel Marina Praia Sul e tem quatro pavimentos com 212 lojas, além de uma praça de alimentação.

Há mais três centros de artesanato na Avenida Engenheiro Roberto Freire, em Ponta Negra. O Vilarte, que tal como o Shopping do Artesanato foi inaugurado no início de 2004, tem 53 lojas, praça de alimentação e varanda de frente para o mar.

Bem próximo ao Vilarte está o Centro de Artesanato de Ponta Negra. De proporções menores, reúne 37 lojas. Na mesma avenida fica ainda a feira permanente da Coart (Cooperativa do Artesanato), com 32 quiosques que funcionam ao ar livre.

Fora de Ponta Negra, destaque para o mais tradicional ponto de venda de produtos artesanais em Natal, o Centro de Turismo. Tem 46 lojas, que funcionam nas celas que, na década de 30 do século passado, já serviram à cadeia pública de Natal.

Situado no alto de uma ladeira, o Centro de Turismo tem ainda galeria de arte e restaurante com cozinha regional, que às quintas-feiras promove o concorrido Forró com Turista. Já o Centro de Artesanato, na Praia dos Artistas, tem 80 lojas, praça de alimentação e um bom movimento.

Entre os produtos que compõem o universo do artesanato potiguar estão os bordados, usados sobretudo para propósitos domésticos, assim como as bijuterias, fabricadas com metal e minerais diversos. As camisetas com fotos de praias do Rio Grande do Norte, porém, é que se destacam nas prateleiras.

Outros itens facilmente encontrados nos centros de artesanato são redes, tapeçarias, roupas de praia feitas de crochê e objetos de enfeite em couro ou madeira, como barcos em miniatura, peixes, ferramentas indígenas e até santos.

Também fazem sucesso em meio ao artesanato as guloseimas regionais, com destaque para as castanhas de caju, doces de frutas e até mesmo pastéis de frutos do mar e tapiocas. Por todos esses motivos, conhecer os mercados de artesanato em Natal é diversão garantida. E sinônimo de boas compras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem sou eu

Minha foto
SUBTENENTE PM DA RESERVA REMUNERADA DA GLORIOSA E AMADA POLÍCIA MILITAR DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE. PASSEI POR TODAS AS GRADUAÇÕES DA PM, DESDE SOLDADO ATÉ SUBTENENTE. DURANTE MEUS 30 ANOS DE ESTADO EFETIVO TRABALHEI EM 18 CIDADES, EXERCI AS FUNÇÕES DE COMANDANTE DE DESTACAMENTO, COMANDANTE DE PELOTÃO, TESOUREIRO, DELEGADO DE POLÍCIA NOS MUNICÍPIOS DE APODI, DR. SEVERIANO, FELIPE GUERRA, ITAÚ, RODOLFO FERNANDES, GOVERNADOR DIX-SEPT ROSADO, TENENTE ANANIAS, MARCELINO VIEIRA E SEVERIANO MELO.NOS DESTACAMENTOS, PELOTÕES E COMPANHIAS SEMPRE EXERCI A FUNÇÃO NA BOROCRACIA, DAÍ APRENDI A ELABORAR TODOS OS TIPOS DE DOCUMENTOS POLICIAIS MILITARES; COMO DELEGADO DE POLÍCIA E ESCRIVÃO DE POLÍCIA INSTAUREI MAIS DE 300 INQUÉRITOS POLICIAIS, ALÉM DE TER SIDO ESCRIVÃO EM VÁRIOS INQUÉRITOS POLICIAIS MILITARES, INQUÉRITOS TÉCNICOS E SINDICÂNCIA, ASSIM SENDO, APRENDI A INSTAURAR QUAISQUER PROCEDIMENTOS INVESTIGATIVOS POLICIAIS MILITARES. PORTANTO, NA MEDIADA DO POSSIVEL VOU LEVAR MEU CONHECIMENTO ATÉ VOCÊ, ATUAIS E FUTUROS POLICIAIS MILITARES, AGENTES DE POLÍCIA, ESCRIVÃO DE POLÍCIA E BACHAREIS. CONFIRA...